Saltar para o conteúdo principal

Data

01.19.2020 17:00 - 18:00

Paulo Betti - Autobiografia Autorizada

Uncategorised

Descrição

O ator brasileiro Paulo Betti, rosto bem conhecido dos portugueses pela sua participação em dezenas de novelas, vai estar em digressão em Portugal e um dos espetáculos vai ser na Chamusca, no próximo dia 19 de janeiro de 2020, pelas 17h00, no Cineteatro.

Paulo Betti traz até Portugal o seu espetáculo “Autobiografia Autorizada”, um monólogo interpretado pelo próprio e que assinala os seus 40 anos de carreira. O espetáculo foi todo concebido por Paulo Betti, desde a iluminação, o figurino, a música, o cenário e as projeções. Inspirou-se nos textos escritos em grandes blocos durante a adolescência, onde também fazia colagens de factos da época, de artigos semanais que escreveu durante quase trinta anos para o Jornal Cruzeiro do Sul, de Sorocaba, cidade onde foi criado. No Brasil, a peça recebeu críticas muito positivas e a indicação para o prémio Shell de melhor texto em 2015, tendo sido finalista do Prémio Faz Diferença (O Globo).

Paulo Betti ficou célebre por personagens como Timóteo D’Alamberti, na novela “Tieta”, ou ainda Wanderley Amaral em “Mulheres de Areia”, Carlão em “Pedra Sobre Pedra”, Carlos em Chiquinha Gonzaga, era o Dr. Ricardo de “Malhação”, tendo ainda uma vasta carreira no cinema e no teatro.

A peça, que Paulo Betti traz até nós, aborda a sua biografia, mas também é “uma amálgama do Brasil profundo, inspirada pela inusitada história de superação de Paulo, que percorre o trajeto riquíssimo da roça à cidade, contando um pouco da imigração italiana no Brasil”. Paulo Betti (hoje com 62 anos) saiu do mundo rural, onde o avô, um imigrante italiano, trabalhava para um fazendeiro negro. É filho de uma camponesa analfabeta, que se mudou para a cidade e que, com ele, tem 15 filhos (Paulo é o décimo quinto). O pai era esquizofrénico. Paulo teve a oportunidade de estudar em boas escolas. Formou-se pela Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo e foi professor na Unicamp. A peça balanceia momentos de humor com emoção, poesia e dor. O texto e a interpretação são de Paulo Betti e a direção é partilhada entre o ator e Rafael Ponz.

A digressão nacional do ator começa no Porto, Faro e depois Chamusca. Os bilhetes para o espetáculo no Cineteatro da Chamusca custam €15 (euros) e estão à venda na Ticketline e no Balcão Único do Município da Chamusca.

CARTAZ