Saltar para o conteúdo principal

Reabilitação do Sistema de Diques no Rio Tejo no Concelho da Chamusca


Designação do projeto | Reabilitação do Sistema de Diques no Rio Tejo no Concelho da Chamusca

Código do projeto | POSEUR-02-1810-FC-000486

Objetivo principal | Promover a adaptação ás alterações climáticas e a prevenção e gestão de riscos

Região de intervenção | Alentejo / Lezíria do Tejo / Chamusca / Freguesia da Carregueira, Freguesia de Vale de Cavalos e União das freguesias da Chamusca e Pinheiro Grande

 

Entidade beneficiária | Município da Chamusca

 

Data da aprovação | 27/12/2017

Data de início | 01/09/2017

Data de conclusão | 18/05/2020

Custo total elegível | € 493.596,43

Apoio financeiro da União Europeia | Fundo de Coesão € 370.197,32

Apoio financeiro público nacional/regional | € 123.399,11

 

Objetivos, atividades e resultados esperados

A operação tem por objetivo a realização dos trabalhos de reabilitação dos diques Pequeno do Arripiado, Grande do Arripiado, Casal Velho, Senhora das Dores, Cabido e Junceira (troço no concelho da Chamusca), localizados na margem esquerda do rio Tejo, no concelho da Chamusca.

O sistema de diques de defesa dos campos, são prioritariamente longitudinais, construídos no século XIX, e desenvolvem-se paralelos ao rio Tejo. O projeto de reabilitação e consolidação dos diques integra o plano coordenado pela CIMLT - Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo que com o Município da Chamusca visa a preservação e manutenção dos diques das margens do Tejo, de modo a que estes possam assegurar a redução do risco de cheias no território abrangido e a proteção de pessoas e bens.

A presente operação prevê reabilitar o sistema de diques realizando o seu reperfilamento, a limpeza da vegetação existente, substituição de argamassas soltas em juntas na pedra de revestimento por nova argamassa, reparação de juntas no coroamento / talude e reparações pontuais de betuminoso ou calçada.