Saltar para o conteúdo principal
Lido 14070 vezes
Modificado em segunda-feira, 11 novembro 2019 15:27

Chamusca e Pinheiro Grande

FREGUESIA DE CHAMUSCA E PINHEIRO GRANDE

Humanismo e trabalho dinâmico em prol do desenvolvimento e bem estar da população.

CHAMUSCA

A Chamusca foi feita vila e sede Concelho, por alvará de 1561, na regência de D. Catarina. Pertenceu à casa dos Silvas, cujo leão rampante conserva no seu brasão de armas. A partir de 1643 passou a integrar o património da casa das Rainhas, tendo-se mantido nessa situação até à época liberal. Intimamente ligada à história de Portugal por numerosas efemérides, a Vila da Chamusca é, do ponto de vista urbanístico, uma povoação interessante.
 
A Junta de Freguesia da Chamusca atenta a estas particularidades e nunca perdendo de vista a melhoria das condições e qualidade de vida da população, desenvolveu e concretizou ao longo dos anos uma série de obras harmoniosas com a Terra Branca tal como: as Escadinhas e Largo da Senhora do Pranto, Escadinhas e arranjos no Monte do Bonfim. Nestes locais alcançam-se a vista sobre a Lezíria que são das mais vastas e mais deslumbrantes de Portugal. A Terra Branca, preserva alguns edifícios e pormenores apreciáveis e um traçado urbano aliciante que merece a visita a .
 
A Junta de Freguesia da Chamusca tem procurado contribuir com diversas acções no sentido de valorizar este aspecto.
 
Profundamente ligada ao trabalho da terra e à criação de gado, a Chamusca tem na Semana da Ascensão e na festa de toiros duas das mais significativas e mais belas expressões da sua identidade rural. A Junta de Freguesia da Chamusca tem estado desde a primeira hora na dinamização da Semana da Ascensão. Os jovens e a terceira idade têm sido considerados como factores importantes da vida local.
 
A Junta de Freguesia da Chamusca presta diversos serviços à população, melhorou a sede, para assim melhor servir, para além das obras necessárias informatizou toda a sua actividade. O apoio ao sector do ensino, a associações culturais e desportivas da Vila tem sido uma realidade, assim como o apoio ás familias e ocupação de tempos livres para crianças, jovens e idosos.
 
A Junta de Freguesia da Chamusca embora esteja limitada por razões orçamentais tem efectuado junto da Câmara Municipal da Chamusca várias acções e diligências no sentido de melhorar os diversos sectores da vida local. Os resultados têm surgido também deste esforço e intervenção.
 
Hoje pensamos como sempre pensámos, que deve haver mais humanismo e trabalho dinâmico em prol do desenvolvimento e bem estar da população, devendo presentemente a autarquia estar voltada para o futuro, mas nunca esquecendo para isso os valores do passado.
 
 

Heráldica

 
Ordenação Heráldica do Brasão e Bandeira: Parecer emitido em 12 de Agosto de 1996. Publicada no Diário da República Nº 240, III Série de 16 de Outubro de 1996. DGAL: Nº 78/1996 de 5 de Dezembro de 1996.
 
Armas: Escudo de ouro, dois ramos de três espigas de milho, de vermelho, folhados de verde e alinhados em faixa; em chefe, ramo de videira de verde posto em faixa, com três cachos de uvas de púrpura; em contra-chefe, três burelas ondeadas de azul e prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro em maiúsculas : "FREGUESIA DE CHAMUSCA".
 
Selo: Nos termos da Lei, com a legenda: "Junta de Freguesia de Chamusca"
 
Bandeira: De púrpura, cordões e borlas de ouro e púrpura. Haste e lança de ouro.
 
 

Caracterização da Freguesia

 
A Chamusca é uma freguesia portuguesa do concelho da Chamusca, sendo também a sede de concelhia com 35,30 km² de área e 3 659 habitantes (2001), numa densidade de 103,7 hab/km².
Orago: São Brás
Área da Freguesia: 35,30 Km²
População: 3.659 habitantes (3.246 Eleitores)
Densidade: 103,7 Hab. / Km²
Povoações: Chamusca (Vila)
Actividades Económicas:
Agricultura, Comércio, Indústria, Serviços
Artesanato: Latoaria, Cerâmica Pintada, Restauro de Móveis Antigos, Registos e Gravuras,  Miniaturas e Brinquedos em Madeira e Cortiça, Rendas, Bordados...
Feiras: Mercado Municipal (aos Sábados)
Festas e Romarias: Eventos de Carnaval (Fevereiro), Procissão dos Fogaréus, Semana da Ascensão (Maio) e Festas Populares
Património Cultural e Edificado:
Biblioteca, Igrejas, Praça de Touros, Coreto, Centro Cultural, Teatro de Bolso, Cine-Teatro, Ludoteca, Piscinas, Núcleo Museulógico da Funerária, Campo de Futebol, Parques Lúdico-Desportivos, Pavilhão Gimno-Desportivo, Recintos Urbanos Adptáveis a Actividades Culturais da Freguesia (Parque Municipal) e Posto de Turismo.
Ecologia e Paisagem: Fontanários, Jardins e Espaços Verdes, Miradouros, Zona Florestal,
Ribeira da Gamelinha, Ribeira de Arraiolos, Portos Fluviais e Zona Ribeirinha do Rio Tejo.
Gastronomia: Ensopado de Enguias, Couve a Sôco com Bacalhau Assado, Acorda de Sável, Feijoada à Lavrador, Sopa de Peixe, Cabrito Assado à Moda do Ribatejo, Couves com Feijão e Peixe Frito do Tejo.
Docaria: Trouxas de Ovos, Lampreias de Ovos, Bolo de Mel, Filhós de Abóbora, Peixe Doce
Colectividades: 1 Clube Futebol, 1 Clube de Basquetebol, 1 Rancho Folclórico, 1 Clube Agrícola, 1 Clube Columbófilo, 1 Grupo de Dadores de Sangue Benévolos, 1 Grupo de Teatro, 2 Grupos de Forcados, 1 Grupo Dramático Musical. Associações: 1 Santa Casa da Misericórdia, 1 Ass. Caçadores, 1 Ass. Bombeiros, 1 Ass. Amigos da Ludoteca, 1 Ass. Hípica, 1 Casa do Povo, 1 Ass. Estudantes, 1 Ass. Pais, 1 Comissão Fabriqueira da Igreja Paroquial de S.Brás.
 
 

PINHEIRO GRANDE

Pinheiro Grande é uma freguesia do concelho de Chamusca, distrito de Santarém, de cuja sede dista cerca de 4 quilometros. Esta freguesia conquistou a sua autonomia corria o ano de 1230, tendo na altura apenas 10 residentes. Actualmente tem 1051 habitantes e uma área geográfica de 37,49 Km². Situa-se a nordeste da Vila de Chamusca, sendo composta pela aldeia de Pinheiro Grande e os seguintes lugares: Areolas, Favacal, Godinhas, Lamaceiras, Vale do Junco, Cabeças do Pinheiro, Vale da Vinha e o Convento.
 
A aldeia do Pinheiro Grande nasceu num outro lugar que se chama Igreja Velha, segundo a lenda, um dia, o Ribeiro do Casal Velho, depois de uma grande enchente, transbordou e arrasou toda a povoação, ficando apenas terreno próprio para cultivo. Foi à volta da Igreja que nasceu a povoação de Pinheiro Grande que inicialmente se chamou Pinheira, porque no local havia uma Pinheira que, por ter secado, foi mandada cortar pelo comendador D. João de La Cueva, em 12-02-1755. Media 19,5 varas de comprimento e 23 palmos de grossura no .
 
Esta freguesia tem duas áreas distintas: Os terrenos de aluvião na margem do Tejo e o planalto onde está construído o Miradouro de onde se avistam vários concelhos nossos vizinhos. Num espaço ecológico como o de Porto do Machado, na confluência do Ribeiro do Casal Velho com o Tejo, existem condições para a prática de desportos naúticos, bem como outras actividades ao ar livre, como é exemplo disso a pesca e o lazer.
 
Actualmente as principais obras realizadas são: Parque de Merendas, Miradouro das Cabeças, várias obras na área do ambiente e vias de comunicação. As dificuldades encontradas são as naturais das de uma freguesia com poucos recursos financeiros e com muito para fazer. Mas perspectivas num futuro próximo de um saneamento básico criando mais e melhor ambiente.
 
É nosso desejo, como umas das nossas acções culturais, que se mantenha e se possível engrandeça a actividade do Rancho Folclórico e Etnográfico
 
Por estas razões não deixem de visitar Pinheiro Grande, dado que nesta freguesia infra-estruturas na área da restauração que certamente lhes agradam, para além de ser uma freguesia que gosta de receber os seus visitantes e tem condições de lhes proporcionar umas horas agradáveis... 
 
 

Heráldica

 
Ordenação Heráldica do Brasão e Bandeira: Parecer emitido em 03 de Abril de 1995. Publicada no Diário da República Nº 293, III Série de 21 de Dezembro de 1995. DGAL: Nº 119/2003 de 30 de Abril de 2003.
 
Armas: Escudo de prata, um pinheiro-manso arrancado de verde, acompanhado à dextra de uma cruz da Ordem dos Templários e à sinistra de uma cruz da Ordem de Cristo; em ponta, três faixetas ondeadas de azul. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco com a legenda a negro, em maiúsculas: "PINHEIRO GRANDE".
 
Selo: Nos termos da Lei, com a legenda: "Junta de Freguesia de Pinheiro Grande - Chamusca"
 
Bandeira: De verde, cordões e borlas de prata e verde. Haste e lança de ouro.
 
 

Caracterização da Freguesia

 
O Pinheiro Grande é uma freguesia do concelho da Chamusca, distrito de Santarém, com
37,49 km² de área e 1.051 habitantes (2001). Dista da sede de concelhia cerca de 4 km.
 
Orago: Santa Maria do Pinheiro Grande
Área da Freguesia: 37,49 Km²
População: 1.051 habitantes (869 Eleitores)
Densidade: 32,7 Hab. / Km² 
Povoações: Pinheiro Grande, Cabeças, Areolas, Favacal, Vale do Junco, Vale da Vinha, Bairro do Rato, Godinhas, Cabeças do Pinheiro e do Convento, Lamaceiras
Actividades Económicas:
Agricultura, Comércio e Serviços
Artesanato: Trabalhos em Madeira; Rendas e Bordados
Festas e Romarias: Festa de Stª. Maria do Pinheiro Grande (Julho/Agosto), Festa do Rancho Folclórico , Marcha da Palmeira (Santos Populares), Noite de Cantares dos Reis (Janeiro), Enterro do Galo, Baile de Carnaval e da Pinha, Jogos Tradicionais de Verão (Agosto/Setembro)
Património Cultural e Edificado:
Igreja de Santa Maria, Capela de S. António, Capela da Quinta dos Arneiros, Capela da Quinta da Arrezima, Capela do Casal Morena, Casas Senhoriais, Convento de Santo António, Recinto de Festas, Salões de Festas de Ass. Locais, Campo de Futebol, Ponte Isidro dos Reis (conhecida como "Ponte da Chamusca"), Parque de Merendas e Percurso de Manutenção, Miradouro (Cabeças), Polivalente Desportivo.
Gastronomia: Bacalhau à ponte, Couve a soco, Porco preto grelhado, Couve com feijão, Arroz de tripas, Bolo ferradura e Arroz-doce
Colectividades:  1 Grupo Desportivo, 1 Rancho Folclórico Etnográfico, Associações Agricolas, 1 Sociedade de Instrução e Recreio, 1 Ass. Desolvimento Aldeia Pinheiro Grande, 2 Comissões Festas (SIRPG, Grupo Desportivo), 1 Comissão Paroquial P. Grande
 
 

Orgão Executivo [União de Freguesias]

Presidente
Rui Miguel Azevedo Martinho ["Chamusca é o meu Partido" PPD/PSD.CDS-PP.MPT]
 
Secretário
Carlos Manuel Antunes Figueiredo ["Chamusca é o meu Partido" PPD/PSD.CDS-PP.MPT]
 
Tesoureiro
João Ricardo Marques Ferreira ["Ponte para o Futuro"]
 

Orgão Deliberativo [Assembleia de Freguesias]

 
Presidente
Maria Teresa de Oliveira Gomes ["Chamusca é o meu Partido" PPD/PSD.CDS-PP.MPT]
 
1.º Secretário
Jorge Manuel da Silva dos Santos ["Chamusca é o meu Partido" PPD/PSD.CDS-PP.MPT]
 
2.º SecretárioJosé Manuel Machado Chambel ["Ponte para o Futuro"]
 
Custódia Maria Gonçalves Laranjinha Solcá ["Chamusca é o meu Partido" PPD/PSD.CDS-PP.MPT]
 
Ana Paula dos Santos Nicolau ["Ponte para o Futuro"]
 
Sónia Maria Frazão Prestes Cláudio Ferreira [PS]
 
Rui Fernando de Jesus Guedelha [PS]
 
Cláudia Sofia Ventura Salvaterra [PS]
 
Maria Alice Soares Salgado Pires [CDU-Coligação Democrática Unitária PCP-PEV]
 
 

Morada e Contactos

        
Morada Sede: Largo Conde Ferreira - 2140-069 Chamusca
Telefone: 249 760 074 Fax: 249 760 679
E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
 
Morada DelegaçãoTravessa da Pereira, n.º 4 - 2140-307 Pinheiro Grande
Telefone/Fax- 249 740369
 
 

Horário de Atendimento ao Público [dias úteis]

 
08h30 às 13h00 e 14h00 às 16h30
 
A Junta reunirá semanalmente ás Quintas-Feiras pelas 16.00 Horas, sendo a reunião ordinária realizada na última Quinta-Feira de cada mês.
 
 

Atendimento da População

Chamusca - Quintas-Feiras das 15.00 H ás 16.00 H
Pinheiro Grande - Quartas-Feiras das 14.00 H ás 15.00 H
 
 
 
 
 
Tagged em
voltar ao topo