Saltar para o conteúdo principal
Lido 200 vezes

Agenda Cultural JUN-JUL 2021

 

O Município da Chamusca inicia a sua Agenda Cultural de junho-julho com a apresentação da Carta Arqueológica do Concelho da Chamusca, um projeto desenvolvido no âmbito da parceria entre o Município da Chamusca e Centro Português de Geo-História e Pré-História.

No panorama cultural, o grupo MaluKartes expõe a sua mais recente obra, “A Era do Aquário”, uma exposição coletiva que estará patente ao público, na Biblioteca Municipal Ruy Gomes da Silva.

Ainda no mês de junho, decorrerá o Workshop de upcycling “Vamos Fazer Sardinhas”, dinamizado pela Loja Solidária – A Botica. Esta iniciativa tem como objetivo a reutilização de tecidos para confecionar sardinhas decorativas.

Os trabalhos realizados serão expostos na montra da Loja Solidária, alusiva aos Santos Populares.

A pensar nos mais novos, o Município da Chamusca apoia o lançamento do livro infantil “Maria e o Pote de Ouro”, tendo convidado a autora, Carla Rodrigues, a fazer a apresentação da sua obra junto das crianças do Concelho da Chamusca. As sessões de apresentação do livro terão lugar entre os dias 19 e 27 de junho, pelas freguesias do concelho.

No dia 10 de julho, o Largo da Botica irá acolher a realização da primeira edição da “Feira da Bagageira”. Esta iniciativa tem como objetivo vender artigos na mala do próprio carro, sendo uma excelente oportunidade para escoar artigos que cada um tem a mais, e de igual modo, fomentar o convívio intergeracional na comunidade.

Terminamos a nossa proposta cultural com a divulgação da atividade comemorativa do Dia dos Avós, no âmbito do projeto CLDS 4G. No dia 26 de julho, as árvores do Largo da Botica serão “vestidas”, com peças de crochet que já não tenham utilidade, procurando promover um agradável convívio entre avós e netos.

É esta a programação cultural que o Município da Chamusca oferece a todos os munícipes, durante os meses de junho e julho.

Deixamos mais uma vez o forte apelo aos munícipes para que cumpram as normas de higiene e segurança, mantendo o distanciamento físico, bem como as regras de etiqueta respiratória, a utilização de máscara e a desinfeção frequente das mãos, sempre que visitem locais públicos.

 

voltar ao topo